SRG Senepol triplica equipe de inspetores para atender Nordeste

Notícias

Publicado em: 31 de maio de 2022
SRG Senepol triplica equipe de inspetores para atender Nordeste

A ABCB Senepol – Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos Senepol admitiu dois novos técnicos da região Nordeste para o Serviço de Registro Genealógico (SRG) e o Programa de Melhoramento Genético do Senepol (PMGS). A admissão dos inspetores atende o crescimento da demanda na região, onde a raça vem tendo uma ampla aceitação e penetração, ganhando grande número de criadores.

A entidade aprovou e admitiu o zootecnista José Aparecido Santos de Jesus, de Riachão do Dantas (SE), e o médico-veterinário Felipe Francelino Ferreira, de Crato (CE). Com isso, a entidade triplicou o número de inspetores que atendem o Nordeste. A associação passa a contar com 35 técnicos de registro em 15 estados brasileiros, que atuam periodicamente em cerca de mil propriedades de criadores da raça Senepol, entre associados e cadastrados.

O diretor de Marketing da associação, Giuliano Wassall, explica que o Senepol cresce e se consolida no Nordeste por suas características zootécnicas, entregando resultados superiores na monta a campo. “A região já responde por cerca de 10% dos criadores de Senepol, com um crescimento expressivo a partir de 2020, quando 62% desses selecionadores iniciaram a criação da raça”, acrescenta.

O superintendente técnico da ABCB Senepol, Celso Ribeiro Angelo de Menezes, afirma a colocação de novos técnicos no Nordeste é muito importante, porque é uma das regiões onde a raça tem mais crescido no Brasil. “Isso se deve à grande capacidade de adaptação ao clima e ao manejo aos quais os animais são submetidos no Nordeste. Essa rusticidade do Senepol tem tido uma aceitação muito grande pelos produtores nordestinos. Também contribuem a docilidade, facilidade de manejo e ao fator mocho, que é transmitido para a progênie mesmo em cruzamentos”, acrescenta Menezes.

Essas características do Senepol têm resultado na forte expansão nos Estados nordestinos, reforça o superintendente. Outros fatores positivos são o aumento da produtividade e a valorização comercial dos produtos oriundos da raça.

A ABCB Senepol é delegada do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) no Brasil para a execução do Serviço de Registro Genealógico da raça. O Brasil é referência mundial em seleção da raça, que se consolida na pecuária de corte nacional por ser precoce, dócil, rústica e ter bom rendimento de carcaça.

Para serem aprovados pela ABCB Senepol, os profissionais passam por rigoroso processo de seleção, que obedece aos critérios do MAPA. Todos os técnicos do SRG Senepol têm formação superior em cursos da área de Ciências Agrárias – Engenharia Agronômica, Medicina Veterinária e Zootecnia. A Diretoria da entidade e o Conselho Deliberativo Técnicos (CDT) são as responsáveis por avaliar as inscrições dos candidatos ao credenciamento. Os dois órgãos avaliam a real necessidade do serviço na área de atuação do profissional.

Na fase de seleção, são aplicadas provas teóricas e práticas, além do teste psicotécnico. A última fase da admissão é um estágio supervisionado. O aspirante a técnico tem o desempenho avaliado em 10 itens, com nota de 1 a 5 para cada atribuição, e precisa obter pontuação igual ou maior que 30. O prazo para a conclusão da última fase do processo é de seis meses. “O cronograma de credenciamento é muito completo e os profissionais saem plenamente capacitados para exercer a função de inspetores do SRG/PMGS”, ressalta Menezes.

Confira a relação completa dos membros do SRG Senepol no link: https://senepol.org.br/equipe/tecnicos/.

No site da associação, os pecuaristas também conseguem preencher formulário para se associar ou pedir cadastramento na ABCB Senepol. Para aqueles que já são associados está disponível no site o termo de adesão ao PMGS, programa no qual os técnicos de campo também atuam diretamente.

Compartilhar

Email Facebook Google LinkedIn Pinterest Twitter Print