Safiras anuncia novidades para 2018

Notícias

Publicado em: 5 de março de 2018
Safiras anuncia novidades para 2018

01_5 Safiras Top 10 2017'2

Evento chancelado pela ABCB Senepol, a reunião final da edição 2017.2 do Programa Safiras apresentou as vencedoras da prova e novidades na avaliação de animais. O evento aconteceu no dia 2 de março, em Lins/SP, e contou a presença de 130 criadores e técnicos brasileiros, além de representantes do exterior. Junior Fernandes, representando a Grama Senepol e a S+, abriu o encontro apresentando detalhes da evolução do programa e mostrou o novo ranking dos touros com mais de 15 filhas avaliadas e que fizeram mais Safiras campeãs, Top 10 ou Superiores.

Foram anunciadas as três campeãs de cada grupo, mais as 12 Safiras Top 10 e as 52 que receberam qualificação de Safira Superior. A novilha CMI 2589 foi a melhor classificada do Grupo 2. Criada em Campauã/MS pela CMI, de Ivo e Vera Reich, ainda bezerra teve metade vendida para o JJ Senepol, da dupla Jads e Jadson. A segunda melhor foi GRAZ 2379, da parceria Grama / ZB Senepol, e a terceira, MVS 0118, do Senepol Mata Verde, de Maceió/AL. No Grupo 1, a campeã foi BARA 0096, criada pelo Senepol da Barra, de Rifânia/SP. Ela superou no desempenho as novilhas ZT 2306 e ZT 1843, ambas da Grama Senepol.

Uma novidade apresentada durante o evento foi a instituição do Super Cow, que vai premiar as três melhores doadoras da raça no ano e será conferido no começo do ano seguinte pela S+. Será criado um comitê técnico para analisar todos os documentos e requisitos. A S+ vai levar em conta as dez melhores do ano, para então divulgar as três campeãs, que dividirão um prêmio total de R$ 15 mil (R$ 8 mil + R$ 4 mil + R$ 3 mil). No próximo encontro Safiras, em outubro, será anunciada a Super Cow de 2017 e, no começo de 2019, a de 2018.

Selo Gourmet – A outra novidade do encontro foi o lançamento de uma certificação às novilhas mais bem avaliadas para características que atendam ao mercado da carne, o Selo Gourmet. A ideia foi conjunta com a DGT-Brasil, que coordena as avaliações de carcaça por ultrassonografia. Para receber o selo, além de ser uma das campeãs, Top 10 ou Superior a novilha precisa ser classificada Superior ou Elite para AOL e EGS e apenas Elite para Marmoreio. Com esse filtro, das 121 inscritas para a edição 2017.2 da prova, apenas 7 (entre campeãs, Top 10 e Superiores) obtiveram o selo, todas com mais de 4% de índice para Marmoreio.

Topázio – Outro anúncio foi o da primeira edição do Topázio Senepol, prova de avaliação de machos na nova denominação da estrutura da fazenda, que passa a se chamar Centro de Qualificação Grama, ou CQG-Senepol. Ingressaram na prova 98 machos nascidos em 2016 na Fazenda da Grama para cumprir o mesmo período de prova do Safiras, com expectativa de ganho diário de 1kg. Foram descartados 28 animais, que não deram registro definitivo por defeito de morfologia, dado inferior ou outro quesito excludente. Serão abatidos com 21 a 24 meses, 18@. Os 70 melhores foram ranqueados pelo Geneplus com base no desempenho. Dos três melhores, o campeão será contratado pela S+ e todos os outros foram vendidos no Leilão Touros Topázio Genética Grama.

A partir da próxima edição, que sempre começará junto com o Safiras, a Grama abrirá inscrição para quem quiser avaliar seus touros.

Consumo hídrico – O resultado do primeiro estudo no mundo sobre eficiência hídrica e sua relação com desempenho econômico em comparação com o consumo alimentar também foi apresentado durante o evento. Os dados de consumo de água não entraram na composição do atual Índice Safiras, mas a tendência é indicar um caminho de seleção também para essa característica.

Compartilhar

Email Facebook Google LinkedIn Pinterest Twitter Print