Raça participa do maior teste de desempenho da história.

Notícias

Publicado em: 19 de junho de 2012
Raça participa do maior teste de desempenho da história.

* Fonte: Senepol da Soledade /  Portal DBO

Criadores de Senepol inscreveram 142 animais para participar da maior prova de desempenho da raça no País, que está sendo realizada no Centro de Performance (CP), da central de genética CRV Lagoa, em Sertãozinho, SP. “Na prova anterior foram registrados cerca de 50 animais”, compara Robson Carreira, zootecnista da Central.

Nesta edição, quinze criadores de São Paulo, Paraná, Minas Gerais e Distrito Federal incluíram bovinos na avaliação. “A raça tem crescido em ritmo acelerado no país. Submeter os animais aos testes vai comprovar a qualidade que já conhecemos, como precocidade, produtividade, fertilidade, rápido crescimento e ganho de peso”, diz Ricardo Carneiro, criador e consellheiro da Associação Brasileira de Criadores de Bovinos Senepol (ABCB – Senepol).

Na primeira etapa, que inicia em 6 de junho, 82 animais (machos e fêmeas) nascidos entre agosto e setembro de 2011 e que estão em fase de adaptação serão avaliados. Em meados de julho, o segundo grupo, composto por  48 animais, nascidos entre outubro e novembro de 2011, entrará em prova.

Além das avaliações de desempenho típicas, os bovinos serão submetidos a um processo inédito de análise, o grow safe, que mede a eficiência alimentar da raça. “O projeto é fantástico porque permite selecionar indivíduos que tenham muita conversão alimentar e consumam pouco”, avalia Carneiro.

De acordo com o criador, a precocidade do gado Senepol permite o abate aos 22 meses, com 18@. O grow safe vai assegurar a seleção de animais melhoradores neste aspecto e aumentar em até 40% a eficiência alimentar da raça. “Vamos antecipar uma tendência da bovinocultura, que é reduzir a idade de abate para 14 a 15 meses”, projeta. Ao final das provas, os dois melhores touros serão contratados pela CRV Lagoa para a comercialização do sêmen. A expectativa é de que pelo menos 80% dos animais submetidos aos testes sejam aprovados e sigam para leilão. Os demais voltarão para as fazendas

 

Compartilhar

Email Facebook Google LinkedIn Pinterest Twitter Print