Pecuária Sustentável

Notícias

Publicado em: 23 de maio de 2011
Pecuária Sustentável

* Textos e Fotos publicados com autorização de José Manuel de Mesquita (AgroCestalto – Três Lagoas MS)

Observem mãe aos 63,5m e filho aos 4,6m, saudáveis com excelente condição corporal. Chamo a atenção para a forma como a raça Senepol é dominante quanto ao comprimento e cor da pelagem, afinal a mãe é negra e o filho é marrom, apesar do focinho sair negro como o da mãe.


Mãe: 50% Wagyu + 50% Nelore (68,8m)
Pai: Senepol
Bezerro: 50% Senepol + 25% Wagyu + 25% Nelore
Peso ao nascimento: 30kg
Peso a desmama: 206kg aos 7,8m

 


Mãe 50% Simental + 50% Nelore
Pai: Senepol
Bezerro: 50% Senepol + 25% Simental + 23% Nelore
Peso ao nascimento: 33Kg
Aos 3,2m pesou 111kg, ou 821gr/dia.
Alimentação: Leite da mãe + brachiárias.
Mineralização: Branca sem suplemento algum.

 

Observem o estado corporal dos animais com menos de 15 dias do parto e em pleno início de seca.


Mãe: 50% Stabilizer + 50% Nelore
Pai: Senepol
Bezerro: 50% Senepol + 25% Stabilizer + 25% Nelore
Peso ao nascer: 39kg

 

Pode-se conviver com a seca de forma "natural", e ainda assim produzir animais como a bezerra da foto. Animais como ela, possuem em sua composição racial 50% Senepol, 25% Taurino e 25% Zebuíno.

Manejo é a palavra de ordem, e , um manejo que proporcione "Sanidade e Mineralização", em conjunto a utilização de animais adaptados, com certeza produzirão bons resultados, cujo "custo benefício" sempre será vantajoso ao produtor.

Importante observar que: quando menciono "Animais Adaptados", me refiro a animais com "potencial de desempenho" mesmo sob condições adversas, e não somente a animais "resistentes" em condições adversas.

Precocidade e qualidade de carne : Taurinos…

Adaptabilidade em condições adversas: Zebuínos, ou um Taurino Adaptado como o Senepol…

O Senepol possui Precocidade e Qualidade de Carne (dos taurinos) e a Adaptabilidade (dos zebuínos), tudo em um único animal.

A quem desejar entrar para o "Cruzamento Industrial", e desejar aproveitar as fêmeas para reposição, é quase obrigatória a utilização do Senepol.

Afinal, aumenta-se a "porção" Taurina no animal, elevando-a de 50% a 75% (precocidade e qualidade de carne), reduz-se a porção Zebuína a 25%, mas ao mesmo tempo elevando a Adaptabilidade e Resistência a condições Adversas (de 50% para 75%), com uma impressionante padronização em seus descendentes, que possuirão: pelo curto, mochos, dóceis e com cor avermelhada.

Inseminação é o caminho indicado para quem possuir estrutura e pessoal bem treinado, caso contrário restará a opção de adquirir touros puros junto aos criadores de Senepol.


Fonte: My Point – J.M.M: www.beefpoint.com.br/mypoint/jmm

Compartilhar

Email Facebook Google LinkedIn Pinterest Twitter Print