Fêmeas de mais de 20 criatórios participam da 7º edição do Safiras Senepol

Notícias

Publicado em: 2 de julho de 2014
Fêmeas de mais de 20 criatórios participam da 7º edição do Safiras Senepol

safiras seenepol

Programa de avaliação é realizado na Fazenda Grama Senepol

O programa de avaliação Safiras Senepol chega à sua 7º edição, e tem como objetivo selecionar as melhores doadoras da raça de acordo com algumas características: avaliação de carcaça por ultrassom (área de olho de lombo e espessura de gordura), escore de população folicular (contagem de folículos no ovário), escore de trato reprodutivo (índice composto por tônus uterino, tamanho e estrutura de ovários, folículos e corpo lúteo), escore visual (pelo, umbigo, cor, conformação racial e cunha leiteira) e frame das fêmeas.

O programa, reconhecido mundialmente, já avaliou mais de 500 fêmeas Senepol PO, é promovido pela Fazenda da Grama, na cidade de Pirajuí (SP), e conta com o apoio dos Parceiros do Senepol e da Associação Brasileira dos Criadores de Senepol (ABCB Senepol), com a coordenação da S+.

Safiras 2014

safiras senepol

Em sua 7ª edição, o Safiras Senepol pretende medir a quantidade de água que um animal precisa beber para produzir 1 kg de carne. Para isso, as fêmeas ficarão em torno de 100 dias na Fazenda da Grama, com o objetivo de avaliar fêmeas puras de origem em idade jovem e, a partir das avaliações do teste, qualificar as futuras doadoras Senepol.

Nesta edição o Safiras apresenta uma novidade: a instalação de cochos eletrônicos – que detectam cada vez que a novilha passa com a cabeça pelo local, seja para comer ou beber água. A partir dessa tecnologia, é possível medir o tempo em que o animal ficou no cocho e a quantidade de comida consumida. Marcelo Ribas Neves, técnico da Intergado e responsável pelo processo, explica como funciona a detecção de cada animal. “Existe uma antena instalada nos frisos de cada janela e um tag na orelha do animal, que identifica a passagem dele por ali, para sabermos quanto ele consumiu”.

A prova termina no final de julho, e em agosto os dados serão divulgados. 10% das fêmeas inscritas de 20 criatórios diferentes serão qualificadas Safiras Top 10. Júnior Fernandes, proprietário da Grama Senepol, afirma que “não é porque uma fêmea tem dois ovários que ela é uma doadora, por isso é preciso não só avaliar, mas qualificar”. Em visão disso, a intenção do programa de avaliação Safiras Senepol é sempre buscar animais equilibrados, somando todas as características avaliadas.

Compartilhar

Email Facebook Google LinkedIn Pinterest Twitter Print