Deu na DBO: Senepol teve a melhor média do ano entre os taurinos

Notícias

Publicado em: 16 de fevereiro de 2022
Deu na DBO: Senepol teve a melhor média do ano entre os taurinos

Anuário tradicional informou que a média geral de R$ 19.638, obtida pela raça Senepol em leilões, foi a mais alta entre as raças taurinas no ano de 2021, um crescimento de 47% em relação a 2020

Em dois anos de pandemia mundial, o mercado se manteve aquecido pelos reflexos positivos dos contratos internacionais da indústria da carne e a raça Senepol garantiu excelentes marcas e números na comercialização de genética. O anuário DBO, uma das importantes publicações especializadas do setor exibe o valor de R$ 19,638 mil de média, com a venda de 2.930 lotes de machos, fêmeas, aspirações e embriões, ofertados em 45 leilões que reverteram em faturamento de R$ 37,9 milhões.

Houve retração na quantidade de remates da raça, mas a diferença se explica pela parcela significativa da safra anual de animais destinados à comercialização em eventos que foi migrada para o tradicional modelo de venda direta na porteira, de criador para criador. Uma realidade repaginada que se mostrou eficiente, principalmente pelo domínio de tecnologias de comunicação por parte dos selecionadores na atualidade e pelo acesso deles aos canais alternativos da internet. “As empresas que organizam os leilões em canais de televisão, com repercussão em nível nacional, sempre prestaram e ainda prestam um serviço relevante de disseminação da alta genética do Senepol para o mercado em geral, bem como de identificação da demanda que é essencial para viabilizar os negócios de uma fazenda de seleção de animais puro de origem. Porém, hoje existem diversos canais digitais que conectam o vendedor ao comprador e, vice e versa. Não houve um hiato nas vendas, ninguém está colecionando animais dentro de casa. Os criatórios mantiveram seus rebanhos em ciclo de produção e o gado tem sido destinado ao mercado fora da vitrine tradicional. Fato é que faltam reprodutores para atender a demanda”, avalia o Diretor de Marketing da ABCB Senepol, Giuliano Jorge Wassall.

E a raça tem muitos outros motivos para comemorar. Enquanto muitos setores enfrentam crise severa, a ABCB Senepol segue em evolução com expansão do volume de animais registrados e avaliados, com a filiação de novos criadores junto a entidade, e, crescimento expressivo no mercado de sêmen, mercado que deve crescer ainda mais no ano de 2022. “Esse segmento pode ser puxado por pecuaristas que usam a genética Senepol para o cruzamento industrial e, além disso, a procura por matrizes PO vem se mantendo em alta, com o surgimento de novos criatórios em especial nas regiões Norte e Nordeste, que possuem rebanhos volumosos e produção a pasto, aquecendo a demanda por bezerros pesados e padronizados obtidos com o cruzamento com a raça”, considera o diretor.

Compartilhar

Email Facebook Google LinkedIn Pinterest Twitter Print