A raça Senepol estará presente na Femec 2015

Notícias

Publicado em: 3 de março de 2015
A raça Senepol estará presente na Femec 2015

Femec 2015 selo

Com a agenda lotada, o taurino tropical começa o ano em grandes eventos

A raça Senepol, cada vez mais em evidência, começou o ano de 2015 com boas expectativas. O primeiro remate, realizado em janeiro, no Sauípe Genetic Festival, atingiu média superior a R$ 1 milhão. Além disso, a programação para grandes leilões da raça se estendem ao longo do ano, começando, efetivamente, com a agenda cheia neste mês (março). Ademais, o realce para o Senepol não se restringe apenas aos pregões: neste ano a raça será destaque em grandes feiras e exposições, e esse compromisso do taurino tropical com os produtores começa na Feira do Agronegócio do Estado de Minas Gerais (Femec), na segunda quinzena do mês de março.

“Participar de uma feira que tem o cunho de apresentar raças e o foco comercial bem direcionado, como acontece na Femec, é muito importante para qualquer uma das raças, e, para o Senepol, é de extrema importância. No entanto, nós vamos para a Femec devido a uma demanda de mercado, um pedido. Segundo informações da Emater, nas demais feiras do agronegócio os produtores solicitaram que houvesse a exposição de produto oriundo de cruzamento industrial Senepol e, por isso, participaremos com o intuito de colaborar para que a raça esteja em evidencia para comercialização”, aponta Ricardo Magnino, diretor de marketing e eventos da Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos Senepol (ABCB Senepol).

As ações de expansão da raça através de eventos do agronegócio são relevantes, uma vez que colocam ao alcance de uma gama expressiva de pecuaristas animais e produtos que tendem a melhorar a produtividade na fazenda. Por isso, a presença do Senepol em diversos eventos tem coadjuvado para a evolução do taurino tropical.

 

Na Femec vai acontecer a primeira exposição do Senepol em 2015

Levando possibilidade de ótimos negócios e muita aprendizagem para os pecuaristas, estudantes e empreendedores do agronegócio, a 4ª edição da Femec acontece de 24 a 27 de março, com funcionamento das 8 às 20h, tendo a entrada franca, no Parque de Exposições Camaru, Uberlândia (MG). Com o sucesso do evento nos outros anos, a expectativa é positiva, o que motiva ainda mais os criadores de Senepol a expor os animais do plantel.

A Femec é uma realização do Sindicato Rural de Uberlândia, através do patrocínio da entidade de Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). O evento de grande envergadura para a região recebe representantes de grandes empresas do setor agropecuário, como: equipamentos, indústrias de máquinas, implementos, insumos agrícolas e veículos utilitários.

Além das empresas dos segmentos mencionados, haverá também a exposição/comercialização de touros Senepol, seguindo o regulamento do Programa de Melhoria da Qualidade Genética do Rebanho Bovino do Estado de Minas Gerais – Pró-Genética, e, para matrizes o Pró-Fêmeas:

 

TOUROS (PRÓ-GENÉTICA):

Que pertençam às categorias PO, PC2 e PC1;

Ter idade entre 14 a 42 meses (obrigatório RGD) na data de realização do evento;

Apresentar exame andrológico apto à reprodução;

Apresentar exames negativos contra brucelose e tuberculose, dentro dos prazos de validade;

Inscrição de no máximo cinco animais por criador/criatório;

Custo de R$70,00 por animal (valor a ser pago pelo criador na tesouraria do Sindicato Rural de Uberlândia).

 

FÊMEAS (PRÓ-FÊMEAS):

Que pertençam às categorias PO, PC2 e PC1;

Ter idade entre 14 e 60 meses (obrigatório RGD) na data de realização do evento;

Apresentar exames negativos contra brucelose e tuberculose, dentro dos prazos de validade;

Inscrição de no máximo vinte animais por criador/criatório;

Custo de R$70,00 por animal (valor a ser pago pelo criador na tesouraria do Sindicato Rural de Uberlândia).

Para inscrever animais Senepol e obter maiores informações o criador deve procurar a ABCB Senepol até o dia 22 de março, pelo e-mail marketing@senepol.org.br. Os taurinos e as documentações passarão por uma avaliação da Comissão de Admissão Técnica, pelo inspetor credenciado pela Associação, Luiz Augusto Jacinto.

Assessoria Berrante Comunicação

Por Karina Mamede

 

 

Compartilhar

Email Facebook Google LinkedIn Pinterest Twitter Print