A essência, pureza e modernidade do Senepol

Notícias

Publicado em: 17 de abril de 2013
A essência, pureza e modernidade  do Senepol

A essência, pureza e modernidade

do Senepol

Com genética diretamente da Ilha de Saint Croix, pecuaristas do Brasil investiram em Genética Isla Senepol

Aconteceu, no dia 02 de abril, o 1º Leilão Virtual Genética Isla Senepol. Um trabalho minucioso, idealizado por três criatórios da raça: Grama Senepol, Genetropic Senepol e Santa Helena Senepol, com o apoio do Grupo Parceiros do Senepol. Os três criatórios desenvolveram um projeto baseado nos fundamentos de essência, pureza e modernidade.

O Senepol surgiu do cruzamento das raças N’Dama e Red Poll. Apesar de recente no Brasil, a raça já conquistou espaço significativo na pecuária brasileira, pelo fato de ser capaz de cobrir a campo e produzir o cruzamento industrial a pasto, algo impossível até então, já que as raças taurinas não resistem ao clima tropical, quando submetidas exclusivamente a pasto.

O rebanho cumulativo do gado na Ilha de St. Croix é fechado, sem influências externas. A raça Senepol tem uma base alicerçada em dois fortes pilares, os rebanhos CN (Castle Nugets) e WC (Annaly Farms). Base essa que foi submetida à seleção rigorosa, desde 1918. Essa seleção foi alcançada com a ajuda de seu uso nas Ilhas Virgens, onde era criado com a finalidade de suprir alimento para a população local, com ênfase na produção de carne, sendo que apenas o gado geneticamente superior era reservado para reprodução.

O proprietário do criatório Genetropic Senepol, Jairo Ferreira Lima, conta um pouco sobre o que é a Genética Isla Senepol e explica os fundamentos desse projeto. “Logicamente, esse é o pioneirismo de uma ideia não comercial, e sim uma essência técnica. Nós queremos garantir a integridade da raça, para não acontecer como outras, que estão buscando embrião lá fora com problemas sanitários e com dificuldade para “refrescar” o sangue. Estamos pensando agora para não ter problemas no futuro. Pensamos em melhoramento, não apenas em um problema de consanguinidade do Senepol. Até porque, nos próximos 60 ou 100 anos, não deveremos ter tal problema”, relata Jairo.

“Nós sabemos que a maior parte dos selecionadores que estão levando o melhoramento a sério entende a consistência dessa ideia. Agora, a partir daí, responder comprando é bem distante da valorização. Queremos que o mercado veja valor e não só corresponda. Achamos que o valor genético e cientifico dessa ideia é muito consistente, que deve ficar aí por pelo menos 20 anos tendo função e importância. Já conseguir prenunciar o resultado do primeiro leilão é uma distância bastante complicada. Nós não gostamos de desmerecer o mercado, pois ele é soberano,” concluiu.

José Antônio Fernandes Netto, proprietário da Fazenda Grama, pai de Júnior Fernandes, relatou sua expectativa nessa atividade pioneira para a raça. “Nós confiamos muito no trabalho que estamos desenvolvendo. Uberlândia foi escolhida para premiar os criadores que aqui residem e como forma de parabenizar o trabalho conduzido pela atual diretoria, cujo profissionalismo e a transparência imperam. Tudo no leilão é importante: ele ir muito bem, todo mundo ficar satisfeito e ser bem atendido, é o leilão que fala por si. Hoje, só tenho que agradecer a cidade pela recepção.”

Resultado comprovado

Com valor e participação dos investidores na raça, o 1º Leilão Virtual de Genética Isla superou as expectativas. Com qualidade comprovada e produtos oriundos de animais diretamente da Ilha, os pecuaristas entenderam a necessidade de manter as características de origem da raça. Os valores das ofertas responderam à excelência que estava em comercialização. Toda a transmissão do leilão foi feita pelo Canal do Boi, que, ao vivo, apresentou linhagens fechadas das origens CN e WC. A média das matrizes oferecidas no leilão alcançou R$ 43 mil. Foram 30 lotes, e o destaque ficou por conta de uma doadora Top 10 da Grama Senepol, arrematada por R$ 75 mil por Marita Miotto Cuzzi, e ainda uma bezerra da Genetropic, que alcançou R$ 49,5 mil, arrematada por Ricardo Magnino. Seis garrotes foram vendidos a R$ 9.450. Já os embriões ficaram com a média de R$ 2, 5 mil, e uma aspiração foi negociada por R$ 36 mil. No grupo das babys, 11 exemplares apuraram R$ 415,5 mil – fazendo média de R$ 37.772,00.

Junior Fernandes e Alex Marconato ficaram em Campo Grande (MS), na sede do Canal do Boi, coordenando os trabalhos. Para o primeiro, o leilão foi um grande divisor de águas para a compreensão de um aspecto técnico importante. “O Senepol, como raça, originou-se de Saint Croix. O que existe são linhagens CN e WC, e não unicamente, os oriundos da Ilha de Saint Croix. Os criatórios são como molas propulsoras de melhoramento genético da raça em nosso país”, relata Fernandes. Já Alex Marconato explica que o projeto Isla tem como missão desmistificar que tudo que existe de Senepol é linhagem Saint Croix, e que, através do Isla, pode-se preservar as qualidades adquiridas pelo Senepol em um século de seleção em sua origem.

“Quem puxa os seus, não degenera”

Jairo explica que, com o fato de a Ilha de Saint Croix ter-se tornado um ponto turístico, os criatórios WC e CN têm altos custos no que se refere ao seguro dos animais, diante dos riscos de acidentes de trânsito com os turistas. “O fato de as estradas da Ilha serem sinuosas aumenta os riscos de colisão dos animais com carros. Além disso, a grande vocação da Ilha atualmente é o turismo: estamos falando do mar do Caribe. Isso fatalmente está reduzindo a presença do Senepol na Ilha. Para preservar a essência, no ano de 2009, adquirimos uma bateria de touros, a maioria, jovens, avaliados em teste de progênie, além de doadoras do mais alto valor genético”.

Ele ainda completa dizendo o que é o Projeto Isla. “O Projeto Isla, em síntese, consiste em preservar e manter a integridade da origem da raça, por isso nós falamos em essência, pureza e modernidade. Levamos esse gado, que adquirimos, para os EUA, pois não é permitido trazer para o Brasil, e lá, fizemos desses animais doadores de embrião e de sêmen. A ilha selecionou as linhagens e animais, e nós estamos desenvolvendo a genética a partir dessas sementes de alto valor genético e pureza incontestável. O Isla, em si, é formado por embriões que saem da ilha e vêm para o Brasil. São sempre filhos de um touro e de uma doadora que foram comprados na Ilha, avaliados, selecionados e habilitados para doar sêmen e embriões. Então, os animais Isla deste leilão são originários de embriões que nasceram aqui, mas que foram gerados a partir de pais e mães vivas que saíram da Ilha para os EUA, tendo como destino final o Brasil, garantindo, assim, a modernidade desses indivíduos e dessa genética”.

A evolução do Senepol

A responsabilidade é sempre o sentimento de quem inova, e, na pecuária, essa ação não é diferente. A grande preocupação do produtor é a de visualizar o futuro e saber que lá estará sua genética e sua produção. Os idealizadores relataram suas expectativas e a seriedade com que investem no Senepol.

“É importante falar sobre a responsabilidade que estamos vendo no crescimento da raça. O efeito devastador que uma FIV pode fazer quando você está multiplicando indivíduos que não são melhoradores, sejam fêmeas ou machos, é de responsabilidade do criador. A arma mais poderosa e letal na 2º Guerra Mundial foi o avião. Hoje, não tem um veículo mais importante para o progresso. E, na pecuária, a FIV é como o avião: pode ser uma grande ferramenta de trabalho para acelerar o melhoramento genético, mas pode ser uma arma se não estiver multiplicando fêmeas ou machos de grande valor genético. A FIV multiplica e massifica a reprodução, por isso a responsabilidade é muito grande.”

Gente que faz o Senepol crescer

Durante o Leilão de Genética Isla, Aldeir Bellodi Pedro, da Agropecuária Zélia Bellodi, contou-nos sobre seu contato com o Senepol e como começou a investir na raça. “Eu entrei na raça no ano passado, durante a Feicorte, ficando parceiro da Grama, junto de Junior Fernandes, com um animal, e também do Jairo, da Genetropic, com animais da influência Isla”.

Conhecido entre os amigos por Deizinho, Aldeir ainda falou da participação no 1º Leilão Virtual Genética Isla. “Fui convidado a vender, neste primeiro leilão Isla, junto com a Grama, o lote 22, com 50% de cotas minhas. Estou contente de ter entrado na raça ano passado e poder vender seis meses depois. Na raça Senepol, o giro é grande, você já entra podendo comercializar. O resultado da raça favorece o pecuarista em 100%, e esse foi um fator que busquei, além do fato de participar como membro do Grupo Parceiros do Senepol, que me traz muita segurança e troca de informação”.

Ainda sobre o leilão, Deizinho destacou a ansiedade de ver um de seus animais em negociação. “Estou com frio na barriga junto com eles, são doze embriões em oferta. O entusiasmo e a satisfação são grandes. Graças a Deus a casa está cheia aqui, e na cidade, sede da associação. A expectativa é muito grande, pois conosco estão presentes criadores que não mediram esforços para estarem aqui. É muito importante o que a Genética Isla, o grupo Parceiros e a S+ prepararam durante esses quatro anos”, comenta, com satisfação.

Enriquecendo ainda mais a noite, um dos mais admirados e respeitados locutores do País, Almir Cambra prestigiou o evento e a raça. Almir contou sobre seus investimentos no Senepol e a visibilidade que a raça vem demonstrando. “Na verdade, a gente sabe a importância e a vontade que a raça tem de crescer, cada vez mais, no Brasil. Sabemos, também, da credibilidade das pessoas que estão por trás desse trabalho. Tenho uma parceria grande – e fundamental -, com a empresa S+, e foi através da ZB Agropecuária Senepol que adquiri animais. Com esses fatores, meu interesse pela raça despertou”, relata.

“É de suma importância para a pecuária brasileira ter credibilidade. Quando você compra e cria um animal, a valorização que é adquirida e a honestidade das pessoas transformam o mercado”, comenta, ainda, Almir. Ele ainda destaca que o grupo criador da raça e a desenvolve são pessoas de excelente nível técnico e de credibilidade no meio da agropecuária. “É o primeiro leilão de que participo, pois os animais que adquiri no início foram particulares. A Genética Isla, dessa forma, é de suma importância, não só para mim que estou entrando, mas para quem já comercializa animais da raça. O Senepol é um gado provado. Ao cruzá-lo com qualquer raça, tem-se a certeza de grandes resultados”, finaliza.

Compartilhar

Email Facebook Google LinkedIn Pinterest Twitter Print